O domingo, 22 de maio, foi marcado pelo Concerto de Estreia da Orquestra Experimental SensibilizArte, sob a regência do maestro Paulo Lira e do Grupo de Sopros da FIC, coordenado pelo professor Alexandre Lira


Participam da Orquestra Experimental Sensibilizarte, alunos iniciantes do Programa Sensibilizarte – arte nos Bairros e alunos da FIC dos curso de Violino, Violoncelo e Instrumentos de Sopro, este grupo foi criado especialmente para fomentar a prática musical em conjunto, além de oportunizar aos alunos do Programa a integração numa Orquestra e apresentações artísticas que promovam a arte e a força cultural do povo indaialense.

A coordenação técnica artística dos trabalhos é do maestro Paulo Lira e a coordenação geral é de Fabrício Ferreira, auxiliado pela professora Nátalie Nietsche e pelos monitores do Programa SensibilizArte Luiz Gabriel da Silva e Wellington Vaz Duggen (Violino), Lenno Yuri Siqueira Soares (Violoncelo), Alexandre Cardozo Filho e Luana Beatriz Ramos (Instrumentos de Sopro).

Neste dia tivemos outra grande estreia com o Grupo de Sopros da FIC, coordenado pelo professor Alexandre Lira. Formado por alunos da Fundação bem como por músicos voluntários e entusiastas da música.
A proposta musical do grupo é trazer uma vivência musical fora da sala de aula proporcionando o engajamento com outros músicos bem como com um repertório popular passando pelo Jazz, blues, bossa Nova e Pop.


Orquestra Experimental SensibilizArte
Grupo de Sopros da FIC
« 1 de 2 »

Fotos: @francieleoliveirafotografia

Novas estreias no palco da FIC