Local: Museu Ferroviário Silvestre Ernesto da Silva

Atendimento:
Segunda-feira a Sexta-feira
07h às 13h00 (Horário especial de verão de 04/11 a 03/02/19)
Rua Marechal Deodoro da Fonseca, 237 – Centro, Indaial – CEP 89.080-060
Telefone: (47) 3394-0708


O Arquivo Histórico Municipal foi criado com o Decreto nº 486, de 21 de março de 1994, por iniciativa da Fundação Indaialense de Cultura. Encontra-se instalado junto ao Museu Ferroviário Silvestre Ernesto da Silva.

O nome do Arquivo homenageia o escritor, historiador e jornalista Theobaldo Costa Jamundá (1914-2004). No decurso de sua existência, ele morou alguns anos em Indaial, contribuindo com a história da cidade e pesquisas.

O Arquivo Histórico é responsável pela guarda de documentos de valor permanente, ou seja, por aqueles documentos com valor informativo, histórico, científico ou comprobatório. Responsabiliza-se pela preservação dos conjuntos documentais produzidos e/ou acumulados por órgãos do Poder Executivo e Legislativo no âmbito da administração municipal direta ou indireta. Portanto, guarda documentos textuais, iconográficos e cartográficos da Prefeitura Municipal de Indaial, da Câmara dos Vereadores e da Fundação Indaialense de Cultura.

Esses documentos podem ser manuscritos, datilografados, digitados, fotos, fitas de vídeo, fitas K-7, gravuras, mapas, disquetes, CD-ROM, pergaminhos e microfilmes. São armazenados e acondicionados para fins de preservação e disponibilizados aos usuários sob normas de procedimentos que visem ao manuseio adequado do acervo. Essa disponibilização atende ao produtor dos documentos, aos pesquisadores e ao cidadão que utiliza essas fontes para comprovação de direitos.

 

Acervo

O fundo privado é composto por conjunto de documentos doados pelo patrono do Arquivo, o escritor Theobaldo Costa Jamundá, que traz registros da sua história pessoal e valiosos documentos e fotos que contam a história de Indaial.

O Arquivo dispõe também de uma biblioteca de apoio, com algumas centenas de livros e periódicos sobre história de Indaial, Blumenau, região do Vale do Itajaí e estado de Santa Catarina. Possui exemplares do jornal A Comarca de Indaial, dos anos 40; exemplares de alguns anos do Diário Oficial da União e do Diário Oficial do Estado.

O Arquivo Histórico também se propõe a compor coleções temáticas, que visem agrupar documentos referentes a diversos assuntos pertinentes à história de Indaial, como transportes, igrejas, imprensa, famílias, pontes, enchentes, estrada de ferro, dentre outros.

Entre as coleções temáticas há documentos sobre diversos assuntos como: sociedades esportivas e culturais, saúde, política, lazer, meio ambiente, indústrias, comunicação, transporte, religião, comércio, estrada de ferro, educação, colonização, famílias, teatro, cultura, movimento de mulheres, sindicato rural, festas do município, pontes, entre outros. Esses documentos datam a partir de 1880.

O acervo do Arquivo Histórico Municipal é composto por documentos de caráter público administrativo, coleções temáticas e um fundo privado, somando aproximadamente 17.000 imagens fotográficas.

Consta ainda de um acervo de história oral, contendo 275 fitas cassetes e uma biblioteca de apoio com mais de 300 exemplares, referentes à história do município e região, bem como publicações relacionadas à arquivologia e conservação preventiva. Para facilitar o acesso aos documentos e informações, o Arquivo Histórico disponibiliza aos usuários instrumentos de pesquisa como: catálogo de controle em ordem cronológica e/ou temáticos e índices gerais de consulta.

 

Visitas Guiadas

O Arquivo Histórico também está aberto a visitas guiadas com agendamento de horário e data. Tem por finalidade informar e levar ao conhecimento da comunidade o trabalho e funcionamento do Arquivo. Essas visitas podem ser de grupos escolares, de grupos universitários e do público em geral.

O visitante irá conhecer um pouco do acervo documental e fotográfico, biblioteca de apoio e como é realizado o trabalho técnico arquivístico. Agendamentos pelo telefone (47) 3394-0708.

 

Projetos

Digitalização do acervo fotográfico de Theobaldo Costa Jamundá – Imagens que a partir da digitalização estarão disponíveis em um catálogo, facilitando o acesso e consulta.

Transcrição e digitação de entrevistas – O Arquivo Histórico dispõe de um acervo com fitas K7 contendo entrevistas. Elas são digitadas, revisadas e depois disponibilizadas aos pesquisadores e à comunidade.

Exposições e palestras nas escolas – O Arquivo Histórico realiza um trabalho voltado para Escolas da cidade, em parceria com o Setor de Patrimônio Histórico. Consiste em apresentar material contendo fotografias antigas e realizar palestras com alunos sobre a história, a memória e o patrimônio histórico da cidade.

Programa de educação patrimonial de Indaial – É um trabalho voltado para a conscientização, porque o Arquivo Histórico entende que a história é um meio de informação e possibilidade das pessoas exercerem a cidadania. Consiste em fazer exposições e palestras em espaços públicos da cidade, divulgando a história do município e o acervo do Arquivo.

Entrevistas – O Arquivo Histórico realiza entrevista com pessoas da cidade de Indaial para conhecer e registrar sua história de vida. Esse material integra o acervo de história oral do Arquivo.

Associação dos Amigos do Arquivo Histórico

Essa associação é composta de pessoas interessadas em conhecer, debater e divulgar a história e a memória de Indaial.

Associe-se à Sociedade dos Amigos do Arquivo Histórico. As reuniões ocorrem na última terça-feira de cada mês, iniciando às 10h, nas dependências da Fundação Indaialense de Cultura. Para fazer parte, basta participar das reuniões e preencher uma ficha de ingresso.

Estatuto da Associação dos Amigos do Arquivo Histórico Municipal Theobaldo Costa Jamundá.